Tempo de leitura: 5 minutos

Quando ouvimos falar em desenvolvimento pessoal, tendemos, muitas vezes, a associar este tópico a investimentos financeiros. Contudo, este tema vai muito para lá disso. Consiste em avaliar os nossos objetivos de vida e valores, e ajuda-nos a trabalhar em nós mesmos de forma a atingir o máximo potencial possível em várias áreas do nosso quotidiano. 

Ler é, também, uma ótima forma de trabalharmos em nós mesmos, seja no nosso conhecimento, vocabulário, ou para nos mantermos informados. Para além disso, ler estimula a nossa mente e consegue melhorar a nossa forma de pensar estrategicamente.

Estes são só alguns livros que devem fazer parte da tua estante.

  • O monge que vendeu o seu ferrari – Robin Sharma

É um livro pequeno, mas tem bom conteúdo. A sua leitura deve ser progressiva, de forma a digerirmos e assimilarmos aos poucos as lições que dali devemos retirar.

Conta-nos a história de um influente advogado que repensa toda a sua vida focada no stresse do dia a dia e do trabalho, e que decide largar tudo o que tem partindo para uma viagem de autodescoberta no Oriente. O homem volta uma pessoa totalmente diferente, e verdadeiramente empenhado em melhorar a vida de toda a gente à sua volta, partilhando as sete virtudes para uma vida de paz interior, alegria plena, e riqueza espiritual.

Através de uma fábula, Robin Sharma transmite o segredo para descobrir o caminho do sucesso, cultivar relacionamentos e viver ao máximo o presente, oferecendo aos leitores uma série de lições simples e eficazes sobre como viver melhor. 

  • Qual é o seu eneatipo? – Liz Carver e Josh Green

Foi através de uma conta de Instagram (@justmyenneatype) que Liz Carver e Josh Green ganharam audiência para começarem a partilhar a forma como a descoberta do nosso tipo de personalidade pode influenciar o dia a dia, nomeadamente as nossas decisões e relacionamentos.

Atualmente, o Eneagrama é um dos testes de personalidade mais populares existentes. Eneagrama significa “figura de nove pontas”. Cada um dos nove raios simboliza um diferente eneatipo, ou tipo de personalidade. Por sua vez, cada tipo encontra-se ligado a dois outros pontos a partir de linhas que cruzam o diagrama, traduzindo que os nove tipos se encontram interligados.

O Eneagrama pretende funcionar como uma ferramenta de desenvolvimento pessoal, que permita desvendar mais sabedoria para podermos viver com mais clareza, paz e discernimento.

  • As Feministas Não Usam Cor-De-Rosa e Outras Mentiras – Scarlett Curtis

Nos dias que correm, é um facto que o feminismo é um tema que precisa de ser mais discutido, sobretudo por ser algo que ainda acarreta muita falta de informação e é facilmente confundido como um movimento de desigualdade e de supremacia feminina.

Este livro é composto por uma coleção de ensaios, escritos por celebridades, ativistas e artistas, que partilham o que é para elas o termo “feminismo”, e ficamos rapidamente a perceber que não existe apenas uma definição, mas sim vários desabafos, testemunhos e críticas de mulheres que têm histórias distintas para contar. 

  • Sinais – Laura Lynne Jackson

Laura Lynne Jackson ajuda-nos a compreender os sinais passados pelo universo, nas coisas mais simples do nosso dia a dia. 

Segundo a médium psíquica, o poder de ler o universo é algo a que todos temos acesso, basta começarmos a fazer as perguntas certas e a saber interpretar as respostas, e logo entendemos que existe um sentido em tudo o que está à nossa volta. Os sinais do universo podem revelar-se através de coisas tão simples como uma chamada não atendida, um arco-íris, ou uma luz que pisca. Segundo a autora, nunca estamos sozinhos, e estes sinais pretendem guiar-nos para novos caminhos.

  • Tu És Aquilo que Pensas- James Allen

Este livro pretende funcionar como um guia para dominar os pensamentos, e consequentemente, dominar o nosso destino. Esta é uma das obras de autoajuda mais lidas de sempre, e tem ajudado inúmeras pessoas a serem mais felizes e a alcançarem o sucesso.

Focando-se em tentar tornar o mundo num lugar melhor, James Allen encoraja as pessoas a sonhar em grande, defendendo que aquilo com que sonhamos acabará por revelar-se em quem somos.

A pandemia, e em especial os períodos de confinamento, vieram relembrar-nos da importância de manter uma mente sã, e segundo esta leitura não há melhor forma de trabalhar nisso do que o esforço por manter um pensamento alegre.

  • 12 Regras Para a Vida – Jordan B. Peterson

Através do relato da estrutura hierárquica de lagostas (sim, leste bem), este livro pretende encorajar as pessoas a fazerem-se à vida, e defende que o caminho de cada um é traçado pelas escolhas que fazemos enquanto pessoas.

Através da oferta de modelos de pensamento, o autor acredita que a melhor forma de alcançar o sucesso é assumirmos responsabilidades individualmente, levando assim a que melhoremos as nossas próprias vidas.

  • Deep Work – Cal Newport

Nos dias de hoje a concentração máxima começa a tornar-se algo cada vez mais difícil de atingir para o ser humano. Sendo esta a capacidade que nos traz a sensação de realização, e que resulta na produtividade, torna-se algo fundamental de manter.

Cal Newport surge com esta temática derivada do estilo de vida que a maioria das pessoas levam, e que passa por termos a necessidade de estar constantemente disponíveis e imersos em várias tarefas em simultâneo. 

Esta leitura é recomendada para estudantes, profissionais e empreendedores, que ambicionem trabalhar em questões individuais como a produtividade, o foco e a eficácia.

  • Hábitos Atómicos – James Clear

Este livro vem trazer uma lufada de ar fresco para quem tem um objetivo ambicioso, seja ele qual for: não é preciso pensar em grande para conseguir mudar algo nas nossas vidas. 

James Clear mostra-nos que as grandes mudanças são compostas por centenas de pequenos atos, os tais Hábitos Atómicos. O autor leva-nos numa leitura guiada de como emergir nestas pequenas mudanças diárias, de forma a conseguir grandes e consistentes resultados a longo prazo. Assim, apoia-se na Regra dos 2 Minutos e nas quatro leis para a formação de hábitos (a evidência, a atração, a facilidade e a gratificação), e na forma de como as implementar.

  • A Psicologia do Dinheiro – Morgan Housel

Neste livro, Morgan Housel partilha as formas como as pessoas pensam sobre o dinheiro, e ajuda-nos a compreender melhor este tema que tanto domina direta e indiretamente as nossas vidas. Se pararmos para pensar, as decisões que as pessoas tomam referentes a dinheiro são facilmente influenciáveis por fatores como o ego, orgulho, desejos, futilidades, entre muitos outros.

Assim, esta leitura pretende suscitar decisões monetárias mais sensatas e inteligentes, nomeadamente porque é um facto que nos dias que correm cada vez vemos mais pessoas detentoras de fortunas, mas que são modestas, e pessoas que parecem ricas, mas que estão altamente endividadas.

  • O Clube das 5 da Manhã – Robin Sharma

Através da história de uma empreendedora à beira de um esgotamento que emerge numa viagem de autodescoberta, Robin Sharma revela um método que nos pode ajudar a equilibrar as nossas vidas: acordar mais cedo. Segundo o autor, este tempo a mais permite-nos tirar tempo para nós, para relaxarmos e para nos tornarmos mais produtivos e concentrados ao longo do dia. 

Contudo, mais do que simplesmente acordar cedo, o livro faz-nos dar importância à forma como andamos a viver as nossas vidas, e a ponderar se não as poderíamos viver com mais significado. Para além disso, relembra-nos de questões como a brevidade da vida, que acabam por influenciar a produtividade e a própria felicidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.