Tempo de leitura: 3 minutos

Os loucos anos 20 são a altura ideal para conhecer o mundo. E há tanto mundo para conhecer, mas porque não começar pela Europa? Deixamos-te uma lista com as melhores cidades europeias para conhecer.

Há que aproveitar enquanto não há contas para pagar nem uma casa para sustentar, certo? Certo.

Viajar é conhecer novas culturas, alargar horizontes, sair da nossa bolha e mergulhar num universo de conhecimento. Mas também é conhecer novas pessoas, diversão e encher a mala com histórias para mais tarde recordar. E se puder ser tudo isto onde para além de mantermos o foco da aventura, não perdemos o rasto ao low budget ainda melhor.

Barcelona, Espanha

Os dias de sol são uma constante, a agitação sente-se nas ruas e prende-se no ar. A arte, desde a arquitetura às obras dos museus, com artistas que inovaram no século XX, são uma das opções que se sobressai na hora de escolher o destino.

Por outro lado, para além de atrações como a Sagrada Família ou o mercado La Boqueria, há ainda uma vida noturna que é considerada uma das mais divertidas da Europa.

Cracóvia, Polónia

Esta é uma cidade com forte ligação à vida universitária e possui a quinta universidade mais antiga do mundo. Mais de 20% da população é formada por estudantes e é também um destino muito escolhido por quem vai de Erasmus. Por isso, a agitação da vida boémia universitária está garantida a 200%.

Budapeste, Hungria

Considerada a capital hipster da Europa, Budapeste é ideal para aproveitar a vida noturna – e por isso muito pedida por jovens quando chega a altura de marcar as férias. Durante o dia, passear pelas ruas bem giras da cidade também é uma excelente opção.

Berlim, Alemanha

Uma cidade que oferece museus, galerias de arte e uma vida noturna que mistura vários estilos diferentes? Queremos. E Berlim oferece. É a combinação perfeita para aproveitar o dia e a noite.

Milão, Itália

Qual é o jovem que não sonha um dia ir a Itália? Exato, nenhum. E Milão pode ser a tua primeira opção. Aqui respira-se arte e há história por todo o lado, há sempre coisas novas para ver e muitos jardins para aproveitar. Numa só palavra, esta cidade é incrível – e os voos também, já que costumam ser bem baratos. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.