Tempo de leitura: 2 minutos

Luzes, câmara, ação. Vivemos numa era de streaming, em que o acesso ao entretenimento se tornou quase instantâneo. Face ao crescente número de canais e plataformas que disponibilizam uma lista infinita de opções, resta apenas saber a quais dar prioridade.

Assim, para todos aqueles desejosos por um serão passado no sofá (acompanhado, claro, por uma montanha de snacks à escolha), aqui seguem cinco séries imperdíveis:

(1) Gilmore Girls (Netflix)

Criada por Amy Sherman-Palladino, em 2000, a série centra a dinâmica familiar, sobretudo aquela que nasce entre o duo titular, Lorelai (Lauren Graham) e Rory Gilmore (Alexis Bledel). Enquanto mãe e filha, a ligação invejável entre as duas concede a Gilmore Girls uma leveza que a distingue de outros programas com uma temática semelhante. 

O humor característico e charme intemporal de Gilmore Girls tornaram-na a derradeira série de conforto, continuando a garantir o interesse de novas gerações de fãs. 

(2) Twin Peaks (HBO)

Aclamada como obra-prima desde a sua estreia no início da década de 90, Twin Peaks viu cimentado o seu legado enquanto marco incontornável da cultura popular. 

A premissa central da série é simples: a morte de Laura Palmer (Sheryl Lee) vem abalar a pequena cidade de Twin Peaks, espoletando uma investigação que trará à superfície uma rede de mentiras e conspirações supernaturais escondidas atrás de um cenário pitoresco e ameno. 

Criada por David Lynch e Mark Frost, Twin Peaks oferece ao público uma a história cidade onde todos os cantos escondem segredos.

(3) GLOW (Netflix)

Criado por Liz Flahive e Carly Mensch, GLOW (Gorgeous Ladies of Wrestling) traz a história de um grupo de mulheres contratadas para protagonizar um programa de luta-livre, numa ficcionalização de eventos verídicos. 

A série explora a vida das mulheres que integram o elenco principal, expondo condições e estereótipos degradantes que enfrentam, mas mantendo aberto o espaço para cenas cómicas que tornam cada episódio irresistível.

O elenco inclui uma atriz desesperada pelo sucesso (Alison Brie), um realizador suscetível a ferver em pouca água (Marc Maron) e uma dupla profissional a quem cabe treinar o grupo de amadoras contratadas (Sydelle Noel), entre muitas outras personagens memoráveis.

(4) 1986 (RTP Play)

Criada por Nuno Markl, em 2018, e situada durante a corrida à presidência disputadas entre Mário Soares e Diogo Freitas do Amaral, 1986 é uma viagem à adolescência durante uma época quase mítica, mas raramente explorada para além da realidade americana.

Cheio de passagens hilariantes e repleto de referências a personalidades, filmes e momentos históricos associados à década, 1986 é uma história de amor adolescente (vivido pelas personagens de Miguel Moura e Silva e Laura Dutra), amizade e confrontos políticos. Com apenas uma temporada de 13 episódios será ideal para uma tarde bem-passada.

(5) The Marvelous Mrs. Maisel (Amazon Prime Video)

 

Criado em 2017, a mais recente produção de Amy Sherman-Palladino traz-nos a história de Midge Maisel (Rachel Brosnahan). Após a separação do marido a mover a reconstruir a sua vida, a aspirante a comediante percorre a baixa nova-iorquina em busca de um bilhete para o estrelato.

Nas canções, vestidos e cores que marcam cada episódio está a mesma nostalgia que nos leva a suspirar ao ver fotografias e ouvir canções antigas. Com um total de 34 episódios, ao longo de quatro temporadas, The Marvelous Mrs. Maisel oferece uma viagem inesquecível aos anos 60. 

Etiquetas:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.