Tempo de leitura: 2 minutos

Se tens por hábito regressar a casa numa trotinete ou bicicleta Bolt, depois de uma saída com álcool à mistura, vais ter de arranjar outra solução. E será o teu telemóvel a detectar se estás (ou não) alcoolizado. Confuso? O Wizz explica.  

Se “beber álcool” e “conduzir” já não devem fazer parte da mesma frase, “beber álcool” e “andar de bicicleta ou trotinete” também vão deixar de ser compatíveis. Pelo menos, no que à Bolt diz respeito.

Isto porquê? Porque a empresa prepara-se para lançar um novo sistema, capaz de testar se estás (ou não) alcoolizado antes de iniciares qualquer viagem — e, se for o caso, serás impedido de te deslocares, já que não vais ser autorizado a desbloquear a trotinete ou a bicicleta eléctrica. 

Esta nova funcionalidade nasce com o intuito de garantir a segurança de quem conduz como também de todos aqueles que possam estar a circular na via pública.

E, sim, o teu telemóvel vai (mesmo) conseguir detetar se estás alcoolizado. Explicamos como. 

Entre sexta e sábado, das 23h59 e as 6h00 do dia seguinte, todos os utilizadores que pretendam utilizar os serviços de deslocação da Bolt terão de passar por um teste cognitivo disponível na aplicação da marca, depois de digitalizado o código QR que permite desbloquear as bicicletas e trotinetes.

Este teste avalia o tempo de reação e de resposta do utilizador, já que este se altera com a presença de álcool no sangue. 

Caso o tempo de resposta seja excedido ou o utilizador não aceite fazer o teste, a aplicação não permite desbloquear a trotinete ou a bicicleta em questão e recomenda que o utilizador se desloque com a ajuda de um motorista Bolt.  

O serviço de trotinetes ou bicicletas elétricas está disponível em 165 cidades de 20 países, sendo que, em Portugal, é possível encontrá-lo em Lisboa, Braga, Coimbra, Setúbal, Cascais e Barcelos. 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.