Tempo de leitura: < 1 minuto

Até 23 de setembro podes candidatar-me às bolsas EPIS, as bolsas sociais destinadas a alunos do secundário e do ensino superior

Ainda que as propinas tenham tido vários recuos ao longo dos anos, e que, hoje em dia, a conta seja muito menor, a verdade é que tirar uma licenciatura é ainda uma despesa muito grande para algumas famílias. E de forma a contrariar isso, ajudando os alunos a conseguirem continuar os estudos, a Associação de Empresários pela Inclusão Social (EPIS) criou umas bolsas sociais que vão agora na 12ª Edição.

Premiar os alunos com as bolsas sociais tem não só o objetivo de ultrapassar as barreiras financeiras, mas também motivar os alunos a trabalharem para um maior sucesso pessoal, escolar e profissional.

A EPIS procura apoiar alunos do ensino secundário e superior que tenham mérito académico e que sejam provenientes de um contexto socioeconómico fragilizado. Este ano, as bolsas sociais foram ainda alargadas a jovens estudantes de famílias refugiadas ou deslocadas em consequência dos contextos de guerra.

Ao todo são 163 as bolsas destinadas aos alunos das três fases de ensino: ensino secundário e superior, nas suas duas fases, licenciatura e mestrado. Com o apoio da Galp e do Grupo Jerónimo Martins, 55 bolsas serão para apoiar alunos durante a licenciatura, 29 para alunos em mestrados e 69 para apoiar no ensino secundário. As últimas 10 destinam-se a apoiar jovens adultos com necessidades especiais em estágio. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.