Tempo de leitura: < 1 minuto

A experiência de viver numa residência universitária tem várias facetas. Tal como escreve a estudante Beatriz Graça

Encontrar quarto na cidade onde estudamos nem sempre é fácil. É por isso que existem, por exemplo, as residências universitárias, usualmente situadas perto dos polos das universidades.

Durante o meu primeiro ano de faculdade vivi numa residência universitária e é uma experiência diferente, contudo, que considero enriquecedora. Algo que se aprende é a dividir. Nem todas as residências são assim, porém, na residência onde estava, dividia o quarto com outra rapariga. Embora estivéssemos no mesmo espaço, cada uma tinha as suas coisas e a sua vida.

Algo que habitualmente também é partilhado é a cozinha e as casas de banho. Embora residam várias pessoas no mesmo espaço, por vezes, o que se sucede é que quase não nos cruzamos com quase ninguém.

Viver numa residência universitária permite poupar algum dinheiro mas também ter uma experiência boa de viver apenas com amigos ao longo do prédio todo.

Por isso, se vais agora para a universidade podes sempre procurar se esta dispõe de alojamento e tentares candidatar-te. Usualmente, este processo é simples e rápido, tendo apenas de disponibilizar informações relativamente aos rendimentos do agregado familiar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.