Tempo de leitura: 2 minutos

Se fazes parte do grupo de pessoas que nunca experienciou as festas mais alegres de Lisboa (shotout pandemia), este artigo é para ti. Como não queremos que te falte nada, reunimos aquilo que tens mesmo de saber para que as tuas noites nos santos populares sejam inesquecíveis.   

 

Agora que o mês de junho começou, todos os dias são dias de festa. Os arraiais espalham-se pela cidade e há cheiro a sardinha assada e manjerico no ar. Os grelhadores e as esplanadas improvisadas ocupam os passeios, as roulottes vão-se instalando em cada esquina e os palcos estão já prontos para durar a noite toda.

Dois anos é demasiado tempo sem Santos Populares e, agora que estão de volta, é normal que te tenhas esquecido de como são as festas mais conhecidas de Lisboa. Se for o caso, guarda estas 5 dicas preciosas. Agradece-nos depois.

Em primeiro lugar, deves saber que a comida se resume a sardinhas (óbvio), bifanas e um caldo verde que também calha sempre bem. Em alguns arrais podes encontrar opções vegetarianas, mas avisamos-te que não é comum. Por isso, é preferível levares um, ou vários, snacks na mala.

Quanto à bebida, deves saber que a cerveja e o vinho são os reis da festa. Partilham o trono entre si, mas deixam algum espaço para outras bebidas: caipirinhas, gins e a famosa ginja. De certeza que encontrarás algo de que gostes, mas o que deves reter a 100% é levar uma garrafa de água para te manteres hidratado e ter cuidado com a roupa.

No meio de tanta gente, é normal que uma pinga ou outra te vá manchar a camisola ou as calças. Por isso, fica já aqui o aviso para não levares aquela camisola linda que viste numa loja e que queres estrear nos Santos.

No que toca à música, se és daquelas pessoas que não gosta de um bom pimba, estas festas não são para ti. Seja música portuguesa, brasileira, espanhola ou aquelas que não param de tocar na rádio, de uma forma ou de outra, a playlist vai parar às músicas pimbas. Afinal, é disso que o povo gosta. Ah, e prepara-te para dançar com estranhos até de manhã.

Em relação ao dinheiro, é importante que saias de casa com a carteira recheada de trocos. Nos Santos Populares, a cidade toda sai à rua, por isso, é habitual que não encontres caixas multibanco com dinheiro. Não contes também com a bateria do telemóvel para usar o mbway. Primeiro porque podes não encontrar estabelecimentos que o aceitem e segundo porque vais querer guardá-la para tirares todas as fotografias possíveis.

Por último, mas não menos importante, confusão é uma palavra de ordem nestas festas. Com as ruas cheias de gente, os encontrões e o pisar de pés vão ser mais do que certos. Prepara-te para perderes o rasto aos teus amigos e ficares a tentares encontrá-los o resto da noite.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.