Tempo de leitura: < 1 minuto

Depois do espetáculo “Lugar Estranho”, o jovem humorista publicou um livro, apresentou um programa na RTP e, agora, regressa aos palcos com o espetáculo “Processo de Humanização em Curso”, em Lisboa e no Porto.

O novo espetáculo de stand-up tem o mesmo nome, que o seu livro publicado no ano passado, onde através do humor reflete sobre alguns temas intrínsecos na sociedade, como crimes e injustiças.

A apresentação do espetáculo começa com este mote: “Nascemos livres, logo somos acorrentados a estereótipos de como devemos pensar, agir ou ser”. Depois deste mote inicial, Diogo Faro refere temas como o género, a sexualidade e o privilégio de classes. 

Assim como, a construção social. Terminando com, “Se não aprendermos nada, pelo menos rimo-nos pelo caminho”. Ao contrário do livro, o espetáculo vai incluir história mais íntimas, e menos sobre política e economia.

Os espetáculos serão no a 5 de março, no Cinema São Jorge. No Porto, atua a 10 de março, no Sá da Bandeira.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Diogo Faro (@diogofaroidiota)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.