Tempo de leitura: < 1 minuto

Em 2022, corre para o Teatro Nacional D.Maria II, já que o espaço estará encerrado para obras estruturais durante todo o ano de 2023. Mas, calma, há salvação para a programação.

Restauro, manutenção e renovação de várias zonas do edifício. Em 2023, o palco do Teatro Nacional D. Maria II (TNDMII) deixa as peças em standby e dá lugar a obras estruturais, que resultam de um projeto de intervenção de quase 10 milhões de euros.

Mas, calma, vais continuar a poder consumir cultura, já que se prevê que a programação se realize em itinerância. Portanto, nada será cancelado, mas sim transferido para outros palcos na Grande Lisboa.

E o que é que vai mudar? 

A presidente do Conselho de Administração do TNDMII, Cláudia Belchior, já revelou em conferência de imprensa, que a antiga Sala de Cenografia, mesmo por cima do lustre da Sala Garrett, será “transformada radicalmente para receber quase todas as direcções do teatro” e para criar, também, um jardim de Inverno, avança a revista “Time Out”.

“Este espaço onde nos encontramos [a antiga Sala de Cenografia] é só um dos muitos a intervencionar. Esta é, de facto, uma obra muito ambiciosa”, declarou Cláudia Belchior, destacando o facto de o TNDMII não fazer uma obra “com este impacto” desde a sua reabertura em 1978, após ter sido destruído por um incêndio em 1964. 

“É também uma obra com muita engenharia, sobretudo a nível do subpalco, onde vão ser feitas intervenções profundas.” Com ambições ambientais, o projecto prevê também a renovação dos sistemas de climatização em todo o edifício, para além de novas salas de trabalho e de ensaio e, ainda, da renovação da livraria.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.