Tempo de leitura: < 1 minuto

Semanas de trabalho de apenas quatro dias começam a ser uma realidade em algumas empresas em Portugal. O objetivo deste novo modo de trabalho é lutar por maior produtividade, e maior tempo de lazer. O PS anunciou que iria começar a debater este assunto no Parlamento. 

Algumas empresas já experimentaram este novo modelo de trabalho e os resultados são muito positivos. A pandemia alterou mentalidades e as pessoas passaram a valorizar mais o equilíbrio entre a vida pessoal e profissional. Com apenas quatro dias de trabalho há resultados visíveis na motivação dos trabalhadores resultando em maior produtividade e melhores resultados. A empresa francesa Laurent la Clergerie assumiu que com a diminuição dos dias de trabalho, mantendo o mesmo salário, o volume de negócios anual aumentou em 40%.

Depois do anúncio de António Costa em relação a este novo modelo de trabalho surgiram muitas questões (ainda sem resposta). Se os salários continuarão os mesmos? E as horas de trabalho semanais mantêm-se, ou serão reduzidas? E qual será a resposta da economia portuguesa?

Gostas deste novo modelo? Procura empresas com estas filosofias, porque para Portugal o assunto ainda não está concluído, nem discutido com pormenor. Mas, na Islândia, Escócia, Bélgica, Irlanda e Espanha a prática de uma semana mais curta de trabalho já está a ser testada. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.