Tempo de leitura: 2 minutos

O podcast aborda assuntos como os dramas de vida do humorista português ou até as peripécias vividas no seu dia a dia. 

Os podcasts estão cada vez mais presentes nas nossas vidas, já que é possível ouvir pessoas a falar sobre qualquer assunto que possas imaginar. Se és daqueles que gosta de estudar ou andar de transportes públicos enquanto ouve um podcast, temos uma sugestão para ti.

Apesar de o “Fora da Lei” ser um podcast a solo, não te deixes enganar, isto porque é tudo menos monótono e aborrecido. Por exemplo, o nome do podcast não foi, claro, escolhido ao acaso. Com recuso ao sentido de humor que lhe é característico, Tiago Almeida batizou o podcast usando um trocadilho com referência à carreira de advogado que (felizmente) deixou para trás para se dedicar unicamente ao humor. 

Com encontro semanal marcado com os seus ouvintes, Tiago aborda todos os assuntos possíveis e imaginários neste formato de áudio: desde histórias da sua infância e adolescência, às peripécias que lhe vão acontecendo diariamente, sem esquecer os tempos em que exercia uma profissão de que não gostava. 

Nada disto escapa à análise cómica feita pelo jovem humorista que vai contando as suas histórias de forma peculiar, fazendo dele uma das promessas no que ao crescimento do universo dos podcasts em Portugal diz respeito.   

Este não é a primeira experiência do humorista no mundo dos podcasts, já que começou por ter um podcast chamado “Prisão Preventiva”, que contou com 26 episódios e com um leque de convidados de peso, entre eles Zé Diogo Quintela, Joana Marques, Alice Trewinnard ou Luís Franco-Bastos. 

Para além dos podcasts, Tiago Almeida faz ainda stand-up comedy e faz também vídeos de humor para o Youtube, onde aborda e analisa alguns assuntos que estão na ordem do dia (ou não). Para além disso, o humorista tem ainda uma série no youtube, “Prisão Preventiva”, onde recebe vários convidados conhecidos pelo público português e com os quais faz alguns jogos e dinâmicas, que acabam por enriquecer as conversas e distingui-las das entrevistas comuns.

Podes (e deves) acompanhar o trabalho do humorista no Youtube e no Instagram e ouvir o podcast “Fora da Lei” no Spotify.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.