Tempo de leitura: 2 minutos

O “Gazela” foi o primeiro álbum da banda e marcou o início de um percurso irreverente, original e criativo dos Capitão Fausto. Em março, celebram os 10 anos de lançamento do disco no Coliseu do Porto e de Lisboa. Logo depois de uma breve passagem em algumas salas de espetáculos do país. 

Tomás Wallenstein, Salvador Seabra, Manuel Palha, Francisco Ferreira e Domingos Coimbra começaram a conquistar o público em 2011 com o primeiro álbum. Já passaram por grandes palcos nacionais, festivais de verão e concertos intimistas e os espetáculos são sempre marcados pela proximidade e empatia da banda com o público. 

Depois do “Gazela” surgiram mais álbuns, como o “Pesar o Sol”, “Capitão Fausto Têm os Dias Contados”, a “Invenção do Dia Claro” e recentemente o “Sol Posto”. O reportório da banda inclui baladas mais calmas, músicas para cantares, e bons sons para cantares com amigos. A tour “com licença!” é focada em atuações em teatros, onde a banda passa um pouco pelo sucesso dos diferentes álbuns.

“Põe o maço na mesa/ Mãos na Teresa/ E os pés no chão / Tu vais acabar presa por querer tanta atenção” é o refrão de um dos grandes êxitos do primeiro disco. A canção, Teresa, envolve a bateria, baixo, teclados e a energia, com que a banda nos foi habituando.

Além da música, a banda é apaixonada pelo cinema. Em novembro de 2020 exibiram uma sessão única, a nível nacional, do filme-concerto “Sol Posto”. No Youtube encontras um mini documentário, com 8 minutos, sobre a rodagem do filme. 

Outro conteúdo disponível é outro mini documentário, “Banda à Solta”, sobre a tour nas Ilhas de Faro. 

Para os concertos no Coliseu de Lisboa, a 17 de março, e no Porto, a 17 de março, os Capitão Fausto prometem tocar o Gazela de “uma p onta a outra”.  Os bilhetes já estão à venda através das bilheteiras online. Os bilhetes custam entre 15€ € e 25€.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.