Tempo de leitura: < 1 minuto

O segredo mais bem guardado da Casa Piriquita está agora à venda bem no coração da capital 

 

Já não precisas de entrar num comboio e fazer toda a linha de Sintra para provar estas delícias da pastelaria Sintrense. A centenária pastelaria decidiu fazer as vontades aos milhares de clientes que pediam que os famosos travesseiros chegassem à cidade.

A Avenida de Roma, no centro de Lisboa, foi o local escolhido para guardar a receita dos travesseiros de Sintra. Mas não são uns quaisquer. São os travesseiros da Casa Piriquita. 

A pastelaria que abriu portas em 1862 e que foi batizada por nada mais nada menos do que o Rei D. Carlos I, que todos os anos voltava à cidade com mais uns quilinhos depois de passar o verão a comer esta iguaria sintrense.

Agora, os travesseiros, queijadas e outros doces da pastelaria sintrense partilham a morada da mítica casa amarela na pequena rua de sintra com a gigante Avenida de Roma. Além desta mais recente loja, há também um quiosque nos corredores do El Corte Inglés.

Ainda assim, prometemos que a verdadeira experiência de comer um travesseiro só se consegue num sítio: em Sintra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.