Tempo de leitura: 2 minutos

Não, não basta escrever palavras aleatórias na barra de pesquisa e rezar para que os resultados vão ao encontro do que procuras. Utilizar o Google até pode ser intuitivo, mas não é tão simples como parece – e há truques para que a plataforma apresente, única e exclusivamente, aquilo de que precisas. Mas já lá vamos. 

O Google marca presença assídua no nosso dia a dia há mais de 20 anos e ainda há quem não saiba tirar o maior proveito das suas funcionalidades. Claro que é fácil escrever palavras aleatórias na barra de pesquisa e rezar para que a plataforma nos apresente o que procuramos. 

Às vezes, até pode resultar, mas não o deves fazer de forma recorrente – isto, claro, se procuras poupar tempo e tornar as tuas pesquisas mais eficientes. 

As aspas são as tuas melhores amigas

Se utilizares aspas numa frase, o Google só te vai apresentar resultados que contenham essa mesma frase tal e qual como a escreveste. Ou seja, a plataforma vai excluir todos os resultados que apresentem apenas algumas das palavras em causa. 

Por exemplo, se escreveres “restauração da República”, o Google só te vai apresentar conteúdos que contenham as três palavras exatamente na ordem que as escreveste – e não te vai apresentar apenas resultados que incluem “restauração” ou “República”. 

O poder do hífen

Se adicionares um hífen (-) imediatamente antes de qualquer palavra (sem espaço), o Google vai excluí-la de todos os resultados que te apresentar.

Por isso, se estiveres interessado em conteúdos relacionados com saúde, mas não quiseres incluir tópicos inerentes ao coronavírus, basta incluíres “-coronavírus” na barra de pesquisa. 

Assim, escusas de navegar pelas milhares de notícias que são publicadas diariamente sobre o vírus que nos assombra a vida há mais de um ano e meio. 

Para que servem os dois pontos (..)? 

Na barra de pesquisa do Google, a utilização de dois pontos finais seguidos (..) simboliza um intervalo de tempo. 

Portanto, se quiseres pesquisar notícias sobre a Britney Spears, única e exclusivamente, relativas aos anos de 2020 e 2021, tens apenas de incluir dois pontos entre os anos em causa. 

Neste caso, terias de escrever “Britney Spears 2020..2021” e selecionar o separador “notícias”. 

Procuras apenas resultados de um único site?

É simples. Basta escreveres o assunto que procuras e, ainda, o termo “site:”, seguido do nome do site em causa. Assim, o Google restringe o leque de respostas e apresenta-te apenas resultados presentes no site que selecionaste.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.