Tempo de leitura: 2 minutos

Deixa-me adivinhar: andas à procura de um guia de como sobreviver a morar fora de casa, com 17 anos, quando te deparas com a chegada ao ensino superior? Deixa-me que te diga que, no início, é aterrador, mas depois não vais querer outra coisa.

Vou-te contar alguns truques e dicas.

1. Não tenhas medo de admitir que tens medo do futuro e de morares com pessoas que não conheces. Ao longo dos anos de faculdade, é muito provável que acabes por mudar de casa, pelo menos uma vez. Por isso, tira o máximo proveito das tuas experiências. 

2. Já ouviste a expressão “massa com tudo”? É basicamente o prato mais famoso de um estudante universitário. É a solução para os dias em que temos imensos deadlines de trabalhos para cumprir ou para uma pausa rápida no estudo.

3. A tua maturidade está a “crescer” depressa demais? Não tenhas receio. Vai ser bom para teres uma melhor noção do futuro, quando tiveres a tua vida orientada. Acredita que vais começar a ficar chateado quando os teus colegas de casa não lavarem a louça ou não limparem o pó da sala. 

4. Os teus vizinhos chateiam-se com o barulho que fazes? Tenta ser simpático e sempre (ultra)compreensivo. Não te esqueças de que vives em comunidade e que é importante criares boas relações.

5. Queres sair à noite, mas tens aulas no dia a seguir? O equilíbrio entre o estudo e a vida social é fundamental. Por isso, gere os teus convívios e o calendário das festas, tendo sempre em conta as tuas responsabilidades. Há tempo para tudo e uma boa gestão das tarefas e tempo livre é a chave para tudo correr bem.

Se seguires estes conselhos, acredita que estás (um bocadinho mais) pronto para começar uma vida universitária fora do teu círculo de amigos e familiares. O mais importante a retirar da faculdade e da vida académica, é que só se vive uma vez e, por isso, devemos procurar ser felizes ao máximo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.