Tempo de leitura: < 1 minuto

Ciências e tecnologias, línguas e humanidades, economia ou artes? Esquece os cursos tradicionais. Há escolas onde já vai ser possível conjugar disciplinas de diferentes cursos para abrir “o leque de opções” nas candidaturas ao ensino superior.

Se estás prestes a frequentar uma das escolas com planos de inovação aprovados pelo Ministério da Educação (ME), temos boas notícias: vais poder escolher as disciplinas que queres estudar no ensino secundário sem que tenhas de ingressar num curso com um plano de estudos pré-definido.

De acordo com a informação do ME, alguns agrupamentos de vários concelhos de Trás-os-Montes estão a iniciar agora “uma solução deste tipo, em fase piloto”, confirma o jornal “Público”. 

Chamam-se “percursos formativos próprios” e permitem que escolhas quaisquer das disciplinas existentes nos diferentes cursos do ensino secundário. Mas, calma, continuas a ter de completar disciplinas de caráter obrigatório.

“Apesar de a componente de formação geral (Português, Língua Estrangeira, Filosofia e Educação Física) não ser obrigatória, o curso “tem de compreender uma disciplina trienal, duas disciplinas bienais e duas disciplinas anuais da componente específica”, lê-se na mesma publicação. 

Em todo o país, há 95 agrupamentos, num universo com mais de 800, que já têm em curso planos de inovação.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.